top of page
Buscar
  • Foto do escritorDaniel Maia

Você já foi pesquisado?

A pergunta do título da coluna de hoje era feita de modo provocativo por um político paulista chamado Levy Fidélis, que, na década de 90, ao aparecer com poucos pontos nas pesquisas para as eleições que disputava indagava aos eleitores se eles já tinham sido pesquisados, querendo levá-los a crer que as pesquisas seriam forjadas.


Por óbvio que a maioria de nós nunca respondeu a qualquer pesquisa eleitoral, tendo em vista que o universo de pessoas pesquisadas é extremamente menor do que o de eleitores no Brasil. Assim, apesar de a premissa da pergunta ser verdadeira, a conclusão de que as pesquisas seriam falsas pelo fato de a maioria das pessoas não terem sido pesquisadas está equivocada.


Entretanto, tem-se observado um elevado número de erros nos resultados das pesquisas eleitorais, os quais tem colocado em dúvida a credibilidade de vários institutos e de seus métodos de trabalho.


Uma das teorias que tenta justificar os erros nesses resultados seria a de que os eleitores que já não acreditam em pesquisas em virtude do que prega o seu candidato favorito se recusariam a responde-las quando são procurados, diminuindo, assim, a quantidade de pessoas pesquisadas que declarariam votos para tal candidato e, consequentemente, aumentando o número de pessoas que declaram voto para outros candidatos.


Seja por qual razão, tais erros são nocivos à democracia, pois podem induzir alguns eleitores a escolha de outro candidato, uma vez que alguns indecisos podem se contaminar pelo chamado “voto útil” ou “efeito manada” e escolher votar no candidato que aparecer com reais chances de vitória ao invés de escolher aquele candidato apontado nas pesquisas com poucas intenções de voto.


Dê um jeito ou de outro, por má-fé ou erros técnicos, os resultados apresentados muito acima da margem de erro divulgada pelos institutos de pesquisas têm que acabar. Afinal, do que adianta divulgarem que a margem de erro da pesquisa é de 2 por cento se o resultado real da eleição mostrar erros de 10 ou 15 por cento?


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

NINGUÉM AGUENTA MAIS LIGACÕES DE 0303...

Ninguém aguenta mais receber ligações de números de telefone que começam com 0303. Claro que essa afirmação não é absoluta e nem possui uma fonte exata, mas reflete, sem dúvidas um sentimento geral da

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL X BURRICE NATURAL

Muito tem se falado sobre ChatGPT e outras inteligências artificiais que prometem revolucionar vários aspectos da vida humana, seja no trabalho, em decisões e processos judiciais, em procedimentos méd

NÃO FAÇA NEGÓCIO SÓ DE BOCA.

Já ouviram falar alguns ditados populares como: “Quem empresta não presta” ou “Quem empresta dinheiro para amigo acaba perdendo os dois, o dinheiro e o amigo”? Pois é, tais ditados trazem a sabedoria

Comments


bottom of page